GION

Fonte aos pés da colina sobre a qual estava construída Jerusalém, no vale do Cedron, hoje chamada pelos cristãos “fonte de Maria”. A fonte já dispunha no tempo dos jebuseus de um sistema de captação, permitindo que por meio de um túnel e um poço a água fosse captada sem precisar sair das muralhas. O rei Ezequias mandou construir um túnel de 550 m sob a colina de Ofel (Is 22,9-11; 2Rs 20,20 e nota) a fim de conduzir a água da fonte para o interior das muralhas, até a parte baixa da cidade, onde construiu a “piscina de Siloé”. Na descrição de Ezequiel a fonte que nasce aos pés do futuro templo torna-se o símbolo da renovação escatológica de Israel (Ez 47,1-12; Zc 14,8).

Livros recomendados

Visite a livraria

image

Sete Mentiras Sobre a Igreja Católica

image

A Fé da Igreja – Em que Deve Crer o Cristão de Hoje

image

Suma Contra os Gentios

image

O Homem Eterno