TRABALHO

Na ótica bíblica é anterior ao pecado (Gn 2,15), embora, após o pecado, apareça como penoso (Gn 3,19; Jó 5,7). Recorda a obra criadora de Deus (Ex 20,8s; Gn 1,1-2,3; Eclo 38,34), que aparece como um trabalhador (Gn 2,7; Sl 8,4; Jo 5,17; 6,28). A Bíblia exorta ao trabalho (Ex 20,9; Ecl 9,10; Eclo 7,15; 1Ts 4,11; 2Ts 3,10-12), critica o preguiçoso e elogia a pessoa trabalhadora (Pr 6,6-11; 13,4; 16,26; 21,25; 31,13-27; Eclo 38,25s; Mt 25,14s).

Também Jesus é um operário, “filho do carpinteiro” (Mc 6,3; Mt 13,35).

Paulo gloria-se do trabalho das suas mãos (At 18,3; 20,34; 1Cor 4,12).

Livros recomendados

Visite a livraria

image

As Cartas de São Paulo aos Gálatas e aos Efésios – Cadernos de estudo bíblico

image

Santo Tomás de Aquino (Chesterton – Ecclesiae)

image

A Fé de Ratzinger

image

A Cura das Feridas Sexuais